GUILHERME SPILACK

Apoio de : La Bella
Somando varias influências diferentes e um direcionamento voltado ao Heavy Metal, Spilack trabalhou em pareceria com a banda paulistana Reviolence no período de 2007 a 2012. Dessa parceria, surtiram alguns lançamentos que receberam, em sua totalidade, ótimas criticas tanto do publico quanto da mídia especializada, assim como ótimos comentários em resenhas e entrevistas no Brasil e no Exterior: “O destaque vai para o guitarrista Guilherme Spilack. O cara é um virtuoso de mão cheia. Seus Riffs gordos, solos inspirados e técnica apurada lembram–nos feras como Zakk Wylde e o finado Dimebag Darrel.” (Rock Brigade – BR); “Mas é preciso encontrar o jovem guitarrista Guilherme, que é uma real descoberta sob o céu do heavy metal! Os solos de guitarra são perfeitos em quase todas as faixas.” (Ferrum – Lituania). Juntamente ao trabalho com o Reviolence, Guilherme inicia seus trabalhos como professor de guitarra e gradua-se pela Universidade Anhembi Morumbi como Produtor Fonográfico. De 2009 em diante, assume a produção do material de sua banda no período além de outros projetos, como a Hellbilly Rebels. No futuro, StringBreaker, Ruminantes entre outros trabalhos. Nesse período, também trabalhou como sideman, tocando estilos diferentes, como MPB e Pop. Encerrado o trabalho com o Reviolence em Outubro de 2012, Guilherme assume as linhas de guitarra de Dave Murray na banda Children of the Beast, cover oficial do Iron Mainden no Brasil, tocando por todo o país e também na America Latina. Juntamente a Children, entrou para o line up da Starchildren, banda focada na carreira solo do vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson Com esses trabalhos, Spilack dividiu o palco com artistas como Mikkey Dee (Motorhead) Paul Di’Anno, Blaze Bayley (Iron Maiden), Mark Boals (Malmsteen), entre outros. À partir de 2014, buscando um retorno as suas influências Blues Rock como Jimmy Page, Jeff Beck, Joe Bonamassa, Philip Sayce, Jimi Hendrix, SRV entre outros, Guilherme dá inicio ao StringBreaker. Banda de Blues Rock instrumental com sonoridade voltada para o Rock das décadas de 60 e 70. A partir daí, são lançadas algumas faixas na web, realizadas apresentações solo e também a participação no web clipe de divulgação do amplificador Gamba da Gato Preto Classics, “The Butcher’s Dream”. Vídeo que ganha um grande número de visualizações e agrega um bom público ao trabalho. O debut da banda, contando com Sérgio Ciccone na bateria e Robinho Tavares no contrabaixo, é lançado em Junho 2015 e está disponível nos formato CD e Streaming. Em parceria com a banda paulistana Hellbilly Rebels, da qual Guilherme é produtor, é criado o evento SideWalk Rock. Evento onde as duas bandas se apresentam nas ruas de SP, levando seu trabalho diretamente ao público. O evento tem sucesso e atualmente comemora seu primeiro ano de existência “StringBreaker and The StuffBreakers” tem uma boa recepção na mídia especializada com um review positivo na revista Roadie Crew e figurando as colunas “No Player” e “Banda destaque” da revista Guitar Load, ‘Palco GP” da Guitar Player Brasil além de entrevistas para canais da web como o Guitar Lick. Em 2016, Guilherme continua seu trabalho com a Children of the Beast e também com o StringBreaker, que, contando com Nelson Donizeti no contrabaixo, participa de mais uma sessão audiovisual para divulgação do amplificador Toro, da Gato Preto Classics. Também lança, com o StringBreaker, o single “Máfia da Águia” e o novo álbum, “Re-Breaker”, em Novembro do mesmo ano. Guilherme continua trabalhando como Produtor Fonográfico e lecionando guitarra, atualmente é parceiro das empresas La Bella Strings (I-Strings), Gato Preto Classics e Purple Case, grandes nomes do mercado musical do Brasil. Links: Facebook:  https://www.facebook.com/SpilackGuilherme Twitter:  https://twitter.com/Spilack Youtube:  https://www.youtube.com/Spilack SoundCloud:  https://soundcloud.com/guilherme-spilack Instagram: https://www.instagram.com/guilhermespilack ReverbNation:  https://www.reverbnation.com/guilhermespilack LaBella_HRS_MB

Comentários

Deixe um comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>